O problema da falta de planejamento na assessoria


A assessoria de imprensa surgiu em 1906, quando o jornalista norte-americano Ivy Lee decidiu abandonar o jornalismo e montou o primeiro escritório de Relações Públicas do mundo. O princípio de “assessorar” não sofreu nenhuma alteração: tratar a imagem do cliente.


Entretanto, as estratégias mudaram. Não se pode mais, por exemplo, investir tempo somente em jornais impressos e rádio, como era, ou realizar serviços sem um planejamento mercadológico.


Atualmente, o assessor de imprensa precisa estar pronto para diferentes situações e veículos e ter uma excelente estratégia para atender seu cliente. Um exemplo de péssima gestão foi a do empresário Allan Jesus, que ficou marcado como “piada” na internet. O agenciador elaborou um contrato absurdo com seu cliente, o “Luva de Pedreiro”, que pouco depois manifestou sua insatisfação.


Além de receber críticas, Allan Jesus conseguiu ter sua imagem minada. Atualmente Iran é agenciado pelo ex-jogador de futsal, Falcão.


Benefícios do planejamento O planejamento da assessoria de imprensa é uma parte fundamental do processo de tratamento de imagem. Sem ele, sérios danos à imagem podem acontecer e causar custos desnecessários à empresa.


As 9 etapas do planejamento são:


1ª Etapa: Estudo do mercado

Pesquisa do segmento, mapeando números, o que está acontecendo, comportamento das pessoas que estão envolvidas no mix (de forma macro). Parte econômica e parte comportamental.


2ª Etapa: Análise Swot (ou fofa) Identificar pontos fortes e fracos do negócio a ser assessorado (pontos positivos, sendo descritos de forma interna e externa) - Aqui entra a análise do consumidor

Fraquezas: pontos que podem ser melhorados e ameaças que podem fazer surgir uma crise (concorrente, recessão econômica e etc.)


3ª Etapa: Liste os objetivos

Onde a empresa quer chegar. Exemplos:

- Ganhar autoridade

- Ser um perito/ especialista

- Alcançar mais pessoas

- Alcançar um novo público


4ª Etapa: Defina o público alvo Qual comportamento, classe social, vontades, desejos e etc. Conheça o público!


5ª Etapa: Escolha bem os veículos

É necessário ter base no público alvo para fazer essa etapa. Conheça o público! Onde eles aprendem e veem jornal.


6ª Etapa: Apresentação da empresa

Mensagens chave: como a empresa/pessoa quer ser conhecida? Ex: “primeira startup do brasil em…”, “A maior do Brasil…”


7ª Etapa: Estratégia Defina como serão os conteúdos produzidos para a empresa: textos em formato sensacionalista, de dicas, qualquer tipo de texto que sirva para os veículos listados. Sugestões de pauta para a mídia.


8ª Etapa: Ações

Eventos que podem ser realizados para divulgar a marca/ especialista. Envio de produtos, viagens, coletivas e conhecimento, conversa com jornalistas e tentar impactar os jornalistas.


9ª Etapa: Cronograma Defina quando serão enviados os textos/conteúdos. Primeiro um de apresentação, depois dicas etc. Não pular etapas. Divida corretamente.


6 visualizações0 comentário